sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Respect

Sócrates e Cavaco combinaram, entre eles, que nenhum compareceria à abertura dos jogos olímpicos, na China. Não revelaram o motivo, não vale a pena chatear os chineses. No entanto, aposto que isto tem a ver com o respeito dos governantes portugueses pelos direitos humanos.
Só pode.

Eat shit, Mr. Geldoff!

1 comentário:

sidosa e tendenciosa disse...

Concordo. Os negócios e elogios rasgados que Sócrates fez a algumas das democracias mais aprofundadas do mundo, como Angola, Líbia e Venezuela, mostra bem o "respeito dos governantes portugueses pelos direitos humanos".